MARCOS VINICIUS MENEZES QUADROS
LEILOEIRO OFICIAL
55 3412 5460


CASAS EM LEILÃO

________________________________________________________________________________________________________________________

LEILOEIRO OFICIAL MARCOS QUADROS
WWW.ARREMATE.LEL.BR

FORUM DE URUGUAIANA-RS

DATAS, HORA E LOCAL:

24 de JULHO de 2014(1ª data)
05 de AGOSTO de 2014 (2ª data)
19 de AGOSTO de 2014 (3ª data)
Sempre as 17h na sede da Associação Comercial Industrial de Uruguaiana, sito à rua XV de Novembro nº2167.

COMUNICAÇÃO: As despesas de arrematação correm por conta do arrematante. Os interessados devem ver os bens antes dos leilões nos locais de depósito, consulte os endereços com o leiloeiro ou no processos em cartório.
Preço mínimo: na primeira data pela avaliação, nas demais com 50% de desconto.
Pagamentos: a vista ou mediante caução mínima de 20% no ato e restantes 80% em quinze dias. Caso o valor da arrematação seja no mínimo igual a R$30.000,00(único processo), esta, poderá ser parcelada, de acordo com a ordem de serviço 01/98-DF e alterações, com entrada de 40% no ato e saldo dividido em até cinco pagamentos mensais e consecutivos corrigidos pelo IGPM-FGV contado da data do leilão, neste caso a carta de arrematação ou similar somente será entregue ao final com a comprovação da totalidade dos pagamentos, em caso de atraso ou falta de pagamento serão adotadas as medidas previstas CPC. Mais as possibilidades do art 690 CPC. Mais a taxa de leilão.
Preferência para o arrematante que se dispuser a arrematar todo o lote englobado.
Os interessados devem ver os bens antes dos leilões nos locais de depósito, consulte. Serão de responsabilidade do arrematante todas as providências e despesas relativas à transferência dos imóveis, tais como ITBI, taxas, alvarás, certidões, escrituras, registros e outras despesas pertinentes, inclusive débitos apurados junto ao INSS oriundos de construção ou reformas não averbados no Órgão competente e, ainda, dívidas relativas ao condomínio, resguardada a possibilidade de ação regressiva contra o devedor principal, perante o Órgão competente. Compete apenas ao interessado no(s) bem(ns) eventual pesquisa de débito junto aos diversos Órgãos.

103.0011335-6.
O imóvel de matricula nº15752 livro 2 do RGI, uma casa de madeira com peças, banheiro, saguão, quarto, sala e cozinha; e o respectivo terreno que é constituído de partes dos de nº6, 7, 8, todos da quadra 13 da cidade da Barra do Quarai-RS, e que corresponde aos lotes 20 e 21, medindo 24,00m de frente leste sobre alinhamento da Rua Garibaldi, por 30,00m de extensão da frente aos fundos, confrontando ao norte com parte do mesmo terreno 6, ao sul com parte do mesmo terreno 8, e ao oeste com partes dos mesmos terrenos 6, 7 e 8, distando 10,60m da esquina da Rua Salustiano Marty; quarteirão das Ruas Garibaldi, Salustiano Marty, Tiradentes e Visconde do Rio Branco. Imóvel reavaliado em R$44.000,00.

_______________________________________________________________________________________________________________

LEILOEIRO OFICIAL MARCOS QUADROS
WWW.ARREMATE.LEL.BR
2 VARA FEDERAL DE URUGUAIANA-RS
DATAS, HORA E LOCAL:
05 de AGOSTO de 2014(1ª data)
19 de AGOSTO de 2014 (2ª data)
Sempre as 17h na sede da Associação Comercial Industrial de Uruguaiana, sito à rua XV de Novembro nº2167.
COMUNICAÇÃO: As despesas de arrematação correm por conta do arrematante. Os interessados devem ver os bens antes dos leilões nos locais de depósito, consulte os endereços com o leiloeiro ou no processos em cartório.
Preço mínimo: na primeira data pela avaliação, nas demais com 49% de desconto OU PELA AVALIAÇÃO. (veja caso a caso)
Pagamentos: a vista ou mediante caução mínima de 20% no ato e restantes 80% em quinze dias. Mais a taxa de leilão.
Preferência para o arrematante que se dispuser a arrematar todo o lote englobado.
Os interessados devem ver os bens antes dos leilões nos locais de depósito, consulte. Serão de responsabilidade do arrematante todas as providências e despesas relativas à transferência dos imóveis, tais como ITBI, taxas, alvarás, certidões, escrituras, registros e outras despesas pertinentes, inclusive débitos apurados junto ao INSS oriundos de construção ou reformas não averbados no Órgão competente e, ainda, dívidas relativas ao condomínio, resguardada a possibilidade de ação regressiva contra o devedor principal, perante o Órgão competente. Compete apenas ao interessado no(s) bem(ns) eventual pesquisa de débito junto aos diversos Órgãos.

06 - 98.13.00877-6/RS
- Um terreno foreiro da quadra número 134-A desta cidade, com a área de 5.256,00m² (cinco mil, duzentos e cinquenta e seis metros quadrados), abrangendo os terrenos números 5 (cinco), 6 (seis), 7 (sete) e partes dos terrenos nºs 8 (oito), 9 (nove), 22 (vinte e dois), 21 (vinte e um) e 20 (vinte), da referida quadra, sob a denominação de gleba nº 4 (quatro), confrontando ao Norte com a rua General Canabarro (prolongamento), e partes dos terrenos nºs 3 (três) e 4 (quatro); ao Sul, com partes dos terrenos nºs 9 (nove), 8 (oito) e 20 (vinte); ao Oeste com partes dos terrenos nºs 20 (vinte), 21 (vinte e um) e 22 (vinte e dois); e ao Leste com a rua Cabo Luiz Quevedo. Imóvel de matrícula nº 11.327, no Registro de Imóveis de Uruguaiana. OBS: Sobre o imóvel, existe um prédio de alvenaria, próprio para funcionamento de uma emissora de rádio, com dois banheiros, com área construída de aproximadamente 150,00m² (cento e cinquenta metros quadrados). Reavaliação (terreno mais o prédio): R$ 110.000,00 (cento e dez mil reais). - Uma área de terrenos situada no lugar denominado Cacaréo, subúrbios desta cidade, com a área de 194.744,00m² (cento e noventa e quatro mil, setecentos e quarenta e quatro metros quadrados), com aramados correspondentes, dentro das seguintes confrontações atuais: ao Norte, com a rua General Canabarro (prolongamento); ao Leste com a rua Cabo Luiz Quevedo (prolongamento); a Oeste com propriedade que ainda fica pertencendo a Átila do Amaral Carvalho; ao Sul também com restante da mesma área de propriedade de Átila do Amaral Carvalho. Imóvel de matrícula nº 11.326, no Registro de Imóveis de Uruguaiana. Reavaliação: R$ 88.000,00 (oitenta e oito mil reais). - Um aparelho transmissor de ondas médias, marca Harris, referência SX 2.5A, com 2.500 Watts de potência nominal, totalmente em estado sólido, dotado de sistema de modulação por modulação de pulsos em polifase, tendo eficiência total superior a 65%, 50 ohm de impedância de saída, em bom estado de conservação e funcionando. Reavaliação: R$ 25.000,00 (Vinte e cinco mil reais); - Uma mesa de áudio, marca Scala, SM 6, com móvel, em bom estado de conservação e funcionando. Reavaliação: R$ 2.000,00 (Dois mil reais). AVALIAÇÃO: R$ 225.000,00 (duzentos e vinte e cinco mil reais).

24 - 5000933-18.2010.404.7103/RS
- o lote de terreno número 3 (três) da quadra número 8 (oito) do loteamento dos funcionários do Banco do Brasil, subúrbios desta cidade, medindo 22,30 (vinte e dois metros e trinta centímetros) de frente Norte, sobre o alinhamento da Rua 'A', por 29m (vinte e nove metros) de extensão da frente aos fundos, confrontando: ao Sul, com um área pertencente a Associação Atlética do Banco do Brasil (A.A.B.B); ao Leste, com o lote 4 (quatro); e, ao Oeste, com o lote 2 (dois), distando 44,60m (quarenta e quatro metros e sessenta centímetros) de uma rua que dá acesso à área pertencente à A.A.B.B. Quarteirão formado pela rua 'A', Área Verde, uma área pertencente à A.A.B.B e uma rua que dá acesso à referida área pertencente à A.A.B.B. Imóvel matriculado no Cartório do Registro de Imóveis desta cidade sob o n° 15.805. Observação: no terreno acima descrito foi construído um prédio de alvenaria, residencial, com área de 290,15m2. AVALIAÇÃO: R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais).

30 - 5002080-79.2010.404.7103/RS
- A fração ideal do seguinte bem: 'Um terreno constituído de partes dos terrenos n°. 18 e 19 da quadra n°. 18 desta cidade, medindo 10,50m (dez metros e cinquenta centímetros) de frente sobre o alinhamento da rua Gal. Câmara, por 24,00m (vinte e quatro metros) de fundo onde mede 9,50m (nove metros e cinquenta centímetros) de largura, confrontando em todas as faces com propriedade de Antônio Ramires de Carvalho', conforme descrito na matrícula n°. 736 do Cartório de Registro de Imóveis de Uruguaiana. Obs. Metade (distando 45,30m da rua Vasco Alves) do terreno originalmente descrito na matrícula supracitada foi adquirido pela mãe do executado, ano de 1976, como descrito no 'R-3-736'. Em seguida, no ano de 1980, a Sra. B doou essa mesma parte (5,25m X 24,00m X 4,75m, 50% da área original) aos dois filhos (R-4-736), razão pela qual a fração ideal penhorada refere à metade desta área, ou metade da metade ideal da área original. Sobre o bem penhorado, encontra-se um prédio de material, próprio para residência, com dois pavimentos, aparentando estar bem conservado, sob o n°. 1.101 da rua General Câmara, onde ainda reside a mãe do executado. AVALIAÇÃO DA FRAÇÃO IDEAL: R$ 45.000,00 (quarenta e cinco mil reais).

______________________________________________________________________________________________________

LEILOEIRO OFICIAL MARCOS QUADROS
WWW.ARREMATE.LEL.BR
2 VARA FEDERAL DE URUGUAIANA-RS

DATAS, HORA E LOCAL:

UAA - ALEGRETE

 


22 de AGOSTO de 2014(1ª data)
05 de SETEMBRO de 2014 (2ª data)


Sempre as 13h30m na Unidade de Atendimento Avançado da Justiça federal, na rua Maj Joao Cezimbra Jacques 200.


COMUNICAÇÃO: As despesas de arrematação correm por conta do arrematante. Os interessados devem ver os bens antes dos leilões nos locais de depósito, consulte os endereços com o leiloeiro ou no processos em cartório.
Preço mínimo: na primeira data pela avaliação, nas demais com 49% de desconto OU PELA AVALIAÇÃO. (veja caso a caso)
Pagamentos: a vista ou mediante caução mínima de 20% no ato e restantes 80% em quinze dias. Mais a taxa de leilão.
Preferência para o arrematante que se dispuser a arrematar todo o lote englobado.
Os interessados devem ver os bens antes dos leilões nos locais de depósito, consulte. Serão de responsabilidade do arrematante todas as providências e despesas relativas à transferência dos imóveis, tais como ITBI, taxas, alvarás, certidões, escrituras, registros e outras despesas pertinentes, inclusive débitos apurados junto ao INSS oriundos de construção ou reformas não averbados no Órgão competente e, ainda, dívidas relativas ao condomínio, resguardada a possibilidade de ação regressiva contra o devedor principal, perante o Órgão competente. Compete apenas ao interessado no(s) bem(ns) eventual pesquisa de débito junto aos diversos Órgãos.

2009.71.03.001624-8/RS
- Um prédio situado na cidade de Alegrete/RS, na Rua Vasco Alves, designado pelo nº 408, no quarteirão formado pelas ruas Vasco Alves, Andradas, Gaspar Martins e Av. Dr. Lauro Dorneles, distante 49,10m da esquina com a rua dos Andradas, composto de três salas, uma cozinha e um w.c, com piso de lajota, forro de madeira, cobertura de folha de alumínio, servido por água, luz elétrica e instalações sanitárias com fossa séptica e o respectivo terreno de formato irregular, com as seguintes medidas e confrontações: quatro metros e cinquenta centímetros (4,50m) de frente, por vinte e um metros e noventa e cinco centímetros (21,95m) de frente a fundos, sendo que na face Leste, aos onze metros e trinta centímetros (11,30m), contados da rua, o terreno alarga no sentido Oeste-Leste em treze metros e cinquenta centímetros (13,50m), ficando os restantes dez metros e sessenta e cinco centímetros (10,65m) com a largura de dezoito metros (dezoito metros), confrontando ao Sul, em parte com a rua Vasco Alves e parte com Claudio Dornelles Maciel; ao Oeste, com Franklim Souza Guedes; ao Norte, com propriedade que é ou foi de Maurício Cheiquer; e, ao Leste, com Cláudio Dornelles Maciel e com propriedade que foi de Eurico Dornelles Maciel e outros, registrado no Cartório de Registro de Imóveis de Alegrete sob a matrícula nº 20.308, avaliado (terreno e prédio) em R$ 160.000,00 (cento e sessenta mil reais); - Uma fração de campo com a área de 88.487,41m2, situada no terceiro subdistrito do município de Alegrete/RS, lugar denominado Durasnal, confrontando ao Norte com campos de Clair Pereira Aurélio e campos do próprio Antonio Eroni Nunes Jaques; ao Sul confronta com o arroio Caverá; a Leste, com Neci Brandolt Marconato e a Oeste, com campos de Ari Ferreira, registrado no Cartório de Registro de Imóveis de Alegrete sob a matrícula nº 24.062, avaliada em R$ 62.000,00 (sessenta e dois mil reais); - Uma fração de campo com a área de 80.000,00m2, ou seja, 8ha, situada no terceiro subdistrito do município de Alegrete/RS, lugar denominado Durasnal, confrontando ao Norte com o corredor que vai ao Passo do Osório, a Leste, com terras de Arthur Rodrigues Fernandes, ao Sul, com terras de Arthur Rodrigues Fernandes, e a Oeste, com terras de Antonio Eroni Nunes Jaques, registrado no Cartório de Registro de Imóveis de Alegrete sob a matrícula nº 25.913, avaliada em R$ 60.000,00 (sessenta mil reais); - O apartamento número 02, (...), do edifício situado na cidade de Alegrete/RS, na Avenida Abílio Garavagno Medeiros, nº 35, esquina com a rua "T-5", na Vila Grande, localizado no lado ímpar da Av. Abílio Garavagno Medeiros e no lado par da rua "T-5", no quarteirão formado pela Av. Abílio Garavagno Medeiros, rua "T-5", rua Glorialdo Marques da Silva e rua "T-4", no andar térreo, primeiro e segundo andar ou primeiro, segundo e terceiro pavimento, de frente, duplex, com acesso lateral, à esquerda, para quem da rua olha, com área útil de 197,45m2, área de uso comum de 4,77m2 e área total de 202,22m2, constituído o andar térreo ou primeiro pavimento de um Hall de entrada e duas escadas de acesso ao segundo pavimento; o primeiro andar ou segundo pavimento é constituído de uma sala de estar, uma escada de acesso ao terceiro pavimento, três dormitórios, dois banheiros, uma sacada, uma circulação, uma cozinha, uma área e uma área de serviço; e o segundo andar ou terceiro pavimento é constituído de um terraço com salão, uma churrasqueira, um banheiro e uma piscina, correspondendo-lhe uma fração ideal de 0,5578 no terreno e coisas de uso comum do edifício, composto de três pavimentos, o qual se acha assentado sobre o terreno que é constituído sobre os terrenos (08 e 10) da quadra número dezoito (18), de formato regular, com área de 775,00m2, medindo 31,00m de frente, por 25,00m de frente a fundos, confrontando ao norte, com os terrenos nºs 07 e 09; ao sul, com a Av. Abílio Garavagno Medeiros; ao leste, com o terreno nº 06, e a oeste, com a rua "T-5", consoante descrição da matrícula 20.871 do CRI de Alegrete, avaliado em R$ 480.000,00 (quatrocentos e oitenta mil reais); - Um (01) automóvel PEUGEOT/206 1.4 MONLI FX, ano 2007/2008, placa INX 7485, preto, álcool/gasolina, RENAVAM 00924443278, chassi 9362AKFW98B010050, em bom estado e funcionando, avaliado em R$ 20.500,00 (vinte mil e quinhentos reais).